terça-feira, 31 de maio de 2016

Menos 2 kg!

     Olá!
     A dieta está indo muito bem, mesmo com minha preguiça descomunal que tem me impedido de ligar até o computador! Por isso esse post será curtinho, estou digitando pelo celular...
     Me pesei ontem e meu  peso atual é 79 kg. Uma vergonha ainda, mas pelo menos está diminuindo e estou fora da casa dos 80 kg. Eu também estou naqueles dias então estou me sentindo ridiculamente inchada...
     Quero estar pelo menos com um kg a menos na próxima segunda. Tenho feito metas mais racionais, como eliminar um kg por semana e assim evitar frustrações. Por enquanto tem adiantado. Semana passada estava com 81 kg...
     Vou tentar vim postar antes de segunda-feira, principalmente para registrar aqui o meu cardápio, mesmo que não seja digno de exemplo eu gosto de registrar tudo o que faço aqui no blog. Como detesto digitar pelo celular, fico devendo o cardápio  por hoje. Mas assim que conseguir ligar o PC, prometo fazer um post decente e comentar como tenho me virado.

     Enfim... Muito obrigada pelos comentários e por sempre me escreverem palavras tão cheias de gentileza. Vocês são incríveis e tenho certeza que irão atingir seus objetivos mais rápido do que imaginam!
   

terça-feira, 24 de maio de 2016

Boas notícias.

     Olá.
     Primeiramente, obrigada pelas palavras encorajadoras e de apoio no último post. Eu sempre evito reclamar, mas é interessante perceber que quando faço, há pessoas que compreendem a situação e não consideram apenas drama. Obrigada mesmo. ♥

     Ok. Agora as três boas notícias... A primeira é que a dor de dente passou uns dois dias depois daquele post e até agora não voltou... Descobri que há dentista público, então irei marcar hoje mesmo. Pelo menos indo no público eu não terei que pedir dinheiro para o meu pai e isso me ajuda bastante quanto a me sentir menos dependente... Que bom que aguentei a dor por mais dois dias antes de pedir dinheiro para ele por nada. Pois seria ridículo pedir dinheiro para ele e só depois descobrir que poderia ter me virado sozinha... A segunda boa notícia é que desde quinta-feira retomei o controle quanto a dieta e já eliminei 3 kg. Não fiz NF e nem nada... Em um outro post informo meu cardápio, mas não foi nada digno de exemplo. O lado negativo é que com os dias de desleixo eu tinha voltado aos 84kg, o que me deixa atualmente com malditos 81kg. Mas aos poucos eu vou eliminando toda essa banha. Pressa é o que menos tenho tido nos últimos dias, pois não adianta ter pressa... Pelo menos na minha situação não adianta. E por fim, a terceira boa notícia é que vou entregar currículos hoje (agora são 07:21, sairei de casa ás 08:00). Não fui antes por culpa da dor de dente que me deixou enfezada e eu estava prestes a matar o primeiro com quem não fosse com a cara, então foi melhor evitar sair nesses dias. Não vou dizer que estou empolgada, pois o desanimo e a vontade de me afundar na minha cama é muito grande, mas... O desejo de sair desse perrengue e voltar a me sentir útil (e não apenas acreditar que é desperdício de oxigênio eu estar respirando) é mais forte, então me obrigo hoje a sair dessa casa nem que seja arrastada.
     Enfim, era isso. Só queria atualizar mesmo para registrar que as coisas estão melhores e que estou fazendo minha parte para eliminar meus problemas. Estou correndo atrás de resolvê-los ao invés de só lamentar. É isso... Volto depois, talvez amanhã, e falo como foi a entrega de currículo, se consegui agendar o dentista e comento sobre a dieta também. Até.

quinta-feira, 19 de maio de 2016

Apenas um post inútil.

     Queria voltar aqui e dizer que tenho boas notícias ou algo do tipo. Mas tudo que possuo no momento são lamentos. Estou com uma dor de dente horrível já têm dias... Mas essa semana ficou pior ao ponto de hoje eu pensar em, finalmente, pedir dinheiro para o meu pai para ir ao dentista. Agora pela manhã (umas 05am), eu fui burra o suficiente para abrir a boca para falar com minha mãe que saia para ir trabalhar. Apenas perguntei para ela se conhecia algum dentista onde fizessem o orçamento gratuito, pois há um tempo que não vou ao dentista e não sei mais se são como antes, onde só pagávamos após a consulta de orçamento e etc... Enfim, acabou que ela desviou do assunto do dentista para me perguntar se hoje eu ia com minha irmã entregar currículos no shopping. Eu, jumenta, respondi que não, não falei para ela o motivo, mas confesso aqui que a dor de dente está me incomodando ao ponto de eu fazer cara feia para todo mundo... Imagine entregar currículo com cara de quem quer matar o primeiro que ver na frente, de preferência da forma mais dolorosa e tortuosa possível? Sinceramente, não acho que iria adiantar entregar currículos nessa condição... Sei que parece desculpa, mas não é. Eu teria que pedir dinheiro para o meu pai para entregar currículo também, pois minha mãe está sem dinheiro... Já pensava em pedir para ele o dinheiro para o dentista, agora para entregar currículo também? Haja falta de vergonha na cara...
     Enfim, voltando ao assunto inicial, eu disse para minha mãe que não ia, ponto. Foi a pior merda que fiz... Ela surtou e começou a dizer um monte de coisas inúteis (ou talvez isso tenha sido útil para ela, se de alguma forma se sentiu aliviada em cuspir aqueles comentários na minha cara). Ela falou tanta coisa... Acho que ficou quase uma hora falando/gritando/esperneando. Não entrarei em detalhes pois me recuso fazer-me de vítima. Estou longe de ser vítima nessa situação, mesmo que eu não acredite que seja somente culpa minha estar com a vida parada como estou. Enquanto ela falava, eu apenas escutava, fazendo um comentário aqui ou ali (o que a deixava mais surtada ainda, então teve uma hora que apenas comecei a concordar com a cabeça e deixei ela falar o que tinha para dizer). Não sou de discutir com ela... Não por achar que mereço escutar todas as coisas que ela me diz, mas sim por ter a certeza de que não irá resultar em nada respondê-la e ela apenas ficará mais histérica ainda e falará mais ainda. Então permaneço quieta. Sou assim, não costumo dar atenção para o que julgo não valer a pena.
     De qualquer forma, só vim aqui contar essa babaquice porque não é como se eu tivesse outro lugar para derramar minhas lamúrias e também porque não quero encher o saco de ninguém com minhas bullshits. Sei que é contraditório, pois já estou enchendo o saco de quem está lendo, então... Mas não é por mal. É só porque precisava contar mesmo... E também, é um bom modo de expressar o porque de meus posts aqui não estarem sendo constantes. Eu não gosto de somente reclamar. Me sinto uma chorona em ficar falando dos meus problemas para os outros, pois é como se eu não conseguisse suportá-los sozinha, sendo que é necessário que eu suporte. Os problemas são meus e de mais ninguém, por isso mais ninguém tem de saber deles, certo? Certo. E é por isso que devo demorar para fazer outro post. Mas em resumo, é mais ou menos nisso aí que minha vida atual se resume: um amontoado de bullshits.

sexta-feira, 6 de maio de 2016

Apenas notícias levianas...

     Olá.
     Eu estou para dar notícias aqui desde o dia seguinte do meu último post. Mas simplesmente as palavras não saem direito na hora de escrever. Então, como percebi que nunca teria forma melhor de escrever vindo de mim, decidi postar escrevendo do meu jeito sem nexo mesmo...
     Eu estou bem, no geral. Continuo desempregada e sem previsão para voltar para a faculdade. Estou gorda e endividada, de saco cheio do banco que não para de me ligar e cobrar. Mas bem, eu mereço ser cobrada, já que estou devendo, não? Então evito reclamar...
     Quanto ao peso, eu não sei... Não tenho me pesado nos últimos tempos. E também, tem feito muito frio por aqui para eu tirar minha calça e meu moletom... E só me peso sem roupa, então... É. Não vou me pesar tão cedo. Quanto a alimentação, não poderia estar pior. Eu só como depois das 3 da manhã, que é quando não há ninguém acordado. Pela manhã eu me refugio na minha cama e só levanto depois das 19h. Então é isso.
     Como podem ver, minha vida tem tido muitos acontecimentos, só que ao contrário. xD De qualquer forma, eu não reclamo. Poderia ser pior e sempre pode ser pior... Continuo entregando currículo e etc, uma hora aparece alguma coisa...Me esforço da forma que consigo fazer, porém é óbvio que nunca acho que faço o suficiente. E não faço mesmo. Poderia fazer muito mais e estou ciente disso... Estou caminhando para que consiga tentar de forma mais árdua e com mais afinco fazer minhas obrigações e todo o mais. Ás vezes falta ânimo, mas tenho trabalhado nisso também...
     Me desculpo desde já por não estar comentando nos blogs com a frequência que costumo comentar, mas eu sempre leio suas atualizações. Simplesmente não me chega nada de útil ou de afável para dizer, então eu acabo não dizendo nada... Mas sempre que consigo pensar em algo bacana para dizer, eu comento. Acho que é isso... Como podem ver, não tenho muito o que dizer. E não quero reclamar da vida também, pois posso não fazer o tipo otimista, porém também não gosto de fazer o tipo que só fica se lamuriando pelos cantos. Me considero mais o tipo realista, que fala quando as coisas estão uma merda, mas também levanta a bunda gorda da cadeira e tenta fazer alguma coisa para mudar. Pois não adianta só reclamar e não fazer nada para mudar a própria situação, não é? :3

     É isso. Espero voltar em breve com boas notícias. ♥