quarta-feira, 13 de maio de 2015

Atualizando as notícias...

    Olá, princesas...

     Essa semana foi um pouco "cômica", para não dizer "trágica", para mim. Eu estava revirando algumas coisas aqui em casa e de repente encontrei um caderno que remete á 2010. E adivinhem? Nele eu falava sobre metas de LFs e NFs e o quanto eu me detestava por ser a gorda que era. O mais triste foi se dar conta de que eu não ERA gorda, eu ainda SOU a mesma gorda de 5 anos atrás. CINCO funcking anos de fracasso... Lord! Isso é tempo demais para se jogar no lixo como eu fiz... E quanto fracasso eu li naquele caderno! Quanta decepção registrada por uma garota de 17 anos! O mais triste é você ser essa garota, agora com 22 anos (irei completar 23 em dezembro), e ainda ser o mesmo fracasso.
     O pior também foi eu ter sentido pena de mim mesma. Não há sentimento pior do que o de pena... Mas por incrível que pareça, dessa vez não consegui ter raiva e apenas fiquei triste por mim mesma. Afinal, quanto mais velha eu for, mais difícil será para que meu metabolismo (que nunca foi bom) colabore para que eu elimine peso. E tudo isso também me fez refletir nas vezes em que as pessoas disseram para mim que "eu não preciso emagrecer, pois já sou linda como sou". Eles nunca entenderam o verdadeiro motivo por trás de tudo isso... Eu nunca quis emagrecer para que me achassem bonita ou fosse notada por moças/rapazes. Nunca! Afinal, há gosto para tudo nesse mundo e não é difícil encontrar alguém que te ache bonita... Mas a verdade é que EU nunca me senti satisfeita com meu corpo. EU nunca gostei de ser gorda. Era algo por mim e para mim, entendem? Nunca me importei com o que as pessoas achavam/acham de mim... Mas sempre me importei com o que eu mesma penso de mim. Talvez eu seja muito dura comigo mesma, mas afinal de contas, alguém tem que sê-lo.
     Não culpo ninguém pelo o que sou e nem por como eu sou. Mas devo assumir para vocês, minhas verdadeiras amigas, que acredito que o motivo de eu ser como sou tenha sido a falta de regras e exigências na minha casa... Quero dizer, meu pai sempre foi um cara autoritário do tipo que impunha horário para dormir, horário para comer, horário para fazer barulho, horário que eu permanecia no banho e esse tipo de coisas. Mas nunca exigiu uma nota maior que 5 quando eu estudava, nunca exigiu que eu limpasse a casa, lavasse louça, guardasse meus brinquedos, tivesse uma alimentação saudável... Um cara um tanto quanto contraditório, não? Ao menos eu acho... E se meu pai era assim, minha mãe então, era quem fazia (e até hoje faz, caso eu não faça) tupo para mim. Claro que agora meu pai não mora mais com a gente, pois se divorciaram há alguns anos, então ficou só eu, minha mãe e minha irmã por aqui. E também é óbvio que hoje eu tenho a consciência sobre o que devo ou não fazer. E como já conversei com vocês em outros posts, eu sempre lavo a louça que sujo e tento manter as coisas limpas e organizadas. Mas é complicado manter a organização em uma casa onde ninguém se importa com isso...
     Ma enfim, o que quero realmente dizer, é que acredito que eu cobre tanto de mim por ninguém jamais ter cobrado nada. Sabe aquelas pessoas que crescem presas e proibidas de fazer qualquer coisa que queiram? Quando você as liberta, elas simplesmente passam a fazer tudo o que é proibido por nunca terem feito nada além do que lhe mandassem. O que ocorre comigo é o contrário, eu me cobro muito e imponho certas regras para mim mesma, pois ninguém nunca o fez. E bem, todo ser humano precisa de estabilidade em algum aspecto de sua vida. E eu escolhi meu corpo para controlar. Simples.

     De qualquer forma, eu vim aqui para atualizá-las da minha atual situação em todos os aspectos da minha vida. Claro que esses aspectos só incluem o profissional e dietas. Minha vida sentimental é nula e pretendo que continue sendo assim, muito obrigada...
    Referente ao profissional, obviamente continuo desempregada, pois irei receber 5 parcelas do seguro desemprego, a 1ª recebo agora dia 30 de maio, o que significa que a última irei receber no final de outubro só... Ou seja, terei tempo para descansar. Mas falando em descansar, o que não tem nada a ver mas ok, amanhã irei na UNIP fazer minha matrícula. Pois o que fiz no post passado foi a inscrição no vestibular e comprovar minha pontuação no ENEM para poder me isentar da prova. Consegui ser isenta e aprovada, dessa forma pude fazer minha matrícula online dia 11/05, paguei o boleto da matrícula hoje e amanhã terei que comparecer a secretaria da universidade para poder levar a relação de documentos para finalizar o processo de matrícula. Ainda não sei que as coisas darão certo esse ano referente aos estudos, mas ao menos sei que estou fazendo minha parte e correndo atrás. Se não der certo, não poderei me culpar dizendo que tive preguiça ou que não fui resolver o que tinha que fazer. E bem, referente a faculdade é isso...

     Agora vamos a parte sobre meu corpo... Bem, depois do meu último post aqui, eu consegui seguir o ECA por mais 7 dias. A verdade é que após o 5º dia, comecei a sentir tonturas e palpitações no peito. Até aí tudo bem, pois tinha visto que esses sintomas são normais. Porém decidi por vontade própria, para no 7º dia. Por que? Simples... Eu não conseguia nem agachar para limpar as necessidades dos meus cachorros que já perdia o equilíbrio e tinha que me apoiar na primeira coisa que avistasse, só para não desmaiar. Imaginem se minha mãe visse algo do tipo? Iria me encher o saco, e eu realmente não tenho mais paciência para esses dramas que mães fazem, sabe? Então prefiro me cuidar um pouco do que ter minha mãe no meu pé como se eu ainda tivesse meus 16 anos. E também parei por causa das palpitações no peito, no começo era algo normal, mas depois passou a me incomodar. De manhã quando eu ia dormir, conseguia escutar meu coração batendo tão forte, rápido e alto, que não conseguia dormir. Sim... Eu tenho problemas para dormir, então podem imaginar que o mínimo barulho já impede com que meu sono venha.
     E claro que, após tanta frustração, a gorda que vos fala fez aquilo que é de se esperar de toda gorda: comeu. E comeu, e comeu e comeu e comeu... Até explodir! E o que parecia impossível se mostrou mais possível do que eu gostaria: eu engordei. MAIS AINDA! MAIS DO QUE JÁ ESTAVA! Pois é... Sou um ótimo exemplo de fracasso. Toda minha vida fui. <3 p="">      De qualquer forma, meus planos agora são mais palpáveis... Eu só quero reduzir o que estou comendo. Não quero mais ter que miar, não quero me descontrolar. Mesmo que para isso eu tenha que comer um pouco. Tudo bem. Se eu terminar esse ano 14kg mais magra, eu estarei feliz. De verdade. Afinal, 14kg pode até parecer uma meta de uma sonhadora. Mas não. Se eu emagrecer pelo menos 2kg por mês e ir mantendo, sem engordar, eu chego em janeiro do ano que vem com 14kg a menos. Não é impossível e não é pedir demais. É? Eu realmente acho que não...

     Para finalizar. Hoje comi viradinho de banana que minha mãe fez para mim e tomei uma caneca de café. Talvez mais tarde tome mais uma caneca de café... É isso.


     Força para todas vocês. ♥

segunda-feira, 20 de abril de 2015

ECA e mais algumas atualizações...

Olá minhas princesas. *-*

   Bem, quase dois meses depois do último post e eu voltei. :3 Os 6 filhotes dos meus cachorros cresceram e congui doar todos os que queria! Mas também, eles eram uma graça e não tinha como não quererem eles. :3 Doei 4 filhotes e acabei ficando com os outros dois! LOL Um machinho marrom dos olhos verdes e uma fêmea pretinha dos olhos escurinhos. Ambos são uma graça! E bem, após aquele sufoco de cuidar de recém nascidos, agora é só alegria! Claro que ainda tem a parte de ter que limpar as necessidades deles etc e tal, mas isso haverá pelo resto da vida deles, então... Agora já comem ração e estão grandinhos. Não dão trabalho de noite e nem durante o dia... São uns amores! *0* Mas é claro que agora chega de cachorro, pois com eles eu tenho 5! Uma fêmea de 7 anos (que peguei com 4 meses), um macho de 3 anos (que peguei com 2/3 meses), outro macho de 2/3 anos (que peguei com 2 anos mesmo, no ano passado) e meus dois bebês de 2 meses. xD  Simplesmente não dá mais para ter outro cachorro. LOL

   Sobre a faculdade, adivinhem só? Pois é.... De novo não deu certo. Seria cômico se não fosse trágico. x'D Dessa vez não deu certo pois o FIES não liberou o aditamento para o curso de Letras na instituição que havia me matriculado. Ou ao menos foi isso que a coordenadora do curso informou á todos que compareceram no 1º dia de aula. Bem, sendo assim, eu cancelei minha matrícula e esperei até agora... Me inscrevi novamente na faculdade na semana passada, para iniciar as alas no 2º semestre, pois não quero esperar até ano que vem. Dessa vez me inscrevi para o vestibular da UNIP e vamos ver no que dá. Não canto mais vitória antes da hora e só vou agindo conforme os acontecimentos. Essa semana terei que ir lá pessoalmente para fazer a inscrição, pois como tenho o ENEM eu fico isenta do vestibular, mas tenho que comprovar levando as notas e etc. Depois que eu fizer minha matrícula, volto aqui para informar sobre o andamento das coisas. xD

    Agora uma das melhores partes... Eu finalmente fui demitida da empresa de call-center na qual estava. Eu queria ser mandada embora e não via a hora que o fizessem! Fiquei nessa empresa por 1 ano e 6 meses. x_x Dia 30 desse mês é minha homologação e finalmente poderei pegar meu FGTS e dar entrada no seguro desemprego. :3 Terei pelo menos 4 meses de descanso, antes de procurar ago novo. ^^

    E agora, falando um pouco sobre minha saúde e dietas (ou falta dela). Minha tem estado boa até, tirando o desânimo que ás vezes bate e um queda de cabelo bem acentuada. Claro que sei o motivo da queda de cabelo e por isso nem perdi tempo indo ao médico. Comprei um shampoo e um tônico anti-queda, chamados Pilexil. Eles não são produtos de beleza e sim produtos dermatológicos mesmo. Junto a isso, comprei um remédio em comprimido chamado Imecap Hair, vem 60 cápsulas e na bula pede para que seja ingerido apenas uma cápsula por dia. Então, mesmo com o preço um pouco salgado, achei que compensou, se levarmos em conta que irá durar 2 meses. '-' Eu irei passar o tônico capilar hoje á noite e lavar o cabelo com o shampoo amanhã de manhã, e irei começar a tomar o Imecap amanhã também. Então volto a falar sobre isso daqui um mês, que é quando começa a aparecer indícios do resultado do tratamento, segundo o que dizem aquelas pessoas que já utilizaram. Vamos ver no que dá... Mas estou confiante. :3

    Comprei também algumas cápsulas de guaraná para ver se me dão energia e afastam o desânimo para que eu volte a fazer elíptico, ao menos uma hora por dia. E foi em meio a essas comprinhas de produtos capilares e energéticos pelo site da Ultrafarma que comprei também duas caixinhas de Franol e uma de aspirina. Nunca fiz o ECA, mas ouvi falar bem dos resultados e enfim, resolvi testar. Hoje é o primeiro dia que tomei, e tomei agora durante a noite. Pois é, eu durmo antes das 8 da manhã quando estou desempregada, então prefiro me exercitar pela noite do que pela manhã... Eu tenho mais disposição durante a noite...Só que vou confessar para vocês que até agora não senti nenhum dos efeitos colaterais que costumam dizer... Eu tomei ás 18:45, dois comprimidos de Franol (que resultam em 30 mg de efedrina) e duas canecas de 450ml de café, para ter certeza de ingerir uma boa quantidade de cafeína. Tomei um comprimido de aspirina logo depois e, mais de uma hora depois, ainda não sinto nada. Vamos ver depois quando eu for me exercitar, que será logo depois desse post. Mas achei bem estranho, pois todas as pessoas que tomam dizem que sentem isso e aquilo e, bem, eu não senti absolutamente nada até agora. e_e Mas já esperava algo semelhante, pois sou muito resistente a efeitos de medicamentos. Tanto que não tomo remédio para cólica e muito menos para dor de cabeça. Nunca fazem efeito... Mas de qualquer forma, sentindo ou não os efeitos do ECA, irei fazê-lo por pelo menos 15 dias, conforme o recomendado. E vamos que vamos. :3

    Ah! Antes que eu me esqueça, comprei também um diet shake de Gojiberry, chamado Biki-In. Na caixa que comprei vem 7 sachês, com 58 gramas, que equivale á 215 kcal e você substitui uma refeição. Achei bem bacana, pois você pode carregar um sachê na bolsa e caso sinta fome na rua, é só misturar com 250 ml de água e mexer. E está pronto. :3 Você evita comer besteiras na rua. \^0^/
    E por enquanto não vou falar sobre meu peso, pois é uma lástima. Mas prometo que daqui 15 dias, eu emagrecendo ou não com o ECA, atualizo vocês sobre ele. Afinal, a partir de hoje eu voltei a me pesar e pretendo fazê-lo constantemente ao menos até o término desse ciclo do ECA. Estou positiva! *-*


Vou me atualizar quanto ao blog de vocês e prometo que até o final de semana terei passado em todos e comentado. *-* Amo vocês! E muito obrigada, novamente, por nunca se esquecerem de mim, por mais que eu suma. x_x

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Eu não sumi...

     Hey! Eu sei que demorei para dar as caras, mas não foi por desistência ou coisas semelhantes... Os últimos dias têm sido cansativos, mais mentalmente do que fisicamente.
     Minha dieta estava indo bem... Até que fiquei deprimida novamente e meu esforço foi direto para o lixo. Há tempos nos quais eu fico deprimida e perco a fome, e em outros ocorre literalmente ao contrário... Eu fico tão deprimida, que só quero comer algo supostamente gostoso para sentir algum prazer. Eu sei que o prazer é somente momentâneo. E como sei! Pois depois fico mais deprimida ainda por estar gorda e ainda assim ter comido e o ciclo não termina... Mas o que se pode fazer quando você está tão esgotada de tudo e todos que só queria sumir, sumir para longe, mas não pode? Pois é... Você faz o que pode, que é continuar onde está e tentar se manter em pé, seguindo sempre em frente, mas... Chega uma hora que cansa tentar e nunca chegar em lugar algum. E eu sei que as coisas não acontecem da noite para o dia e que minha vida não irá mudar se eu não me esforçar para isso e todo aquele discurso de "nunca desistir, sempre tentar, continuar sempre em frente pois ficar parado não irá melhorar nada" e blábláblá.
     A verdade é que só estou cansada e acho que precisei um pouco desse tempo para deixar de tentar alguma coisa e estagnar onde estou, talvez para criar vergonha na cara, talvez para renovar as energias desgastadas, talvez... Não sei. Não acho que ficar sem fazer nada durante um tempo ajude a resolver alguma coisa, mas acho que ao menos ajuda para dar um gás novo e dessa forma conseguir continuar correndo atrás de alguma coisa. Espero não estar sendo muito confusa com as palavras... Mas há muito tempo eu perdi o dom de me expressar, seja escrevendo ou seja falando... Isso se algum dia eu tive esse dom, o que duvido muito atualmente...

     Agora, deixando as lamúrias de lado por um tempo, vou contar algumas coisas que aconteceram. Nada demais, mas é bom para manter o blog atualizado.
     Boa parte desse meu cansaço mental, foram os filhotes que minha cachorra pariu. Ao todo foram 6 filhotes. Como ela os rejeitou, eu tive (e ainda estou tendo) que dar uma de mãe canina e alimentá-los de 3 em 3 horas durante as 24 horas do dia, isso inclui a madrugada, obviamente. Hoje eles completaram 14 dias, assim agora tenho que dar o leite de 4 em 4 horas, ainda durante ás 24 horas do dia. É cansativo, mas como eu já não dormia mais de 4 horas por noite, não fez muita diferença... Acho que o maior problema é a bagunça na qual o meu quarto se encontra... Eu o divido com minha irmã (um ano e quatro meses mais velha que eu), e ela é muito desorganizada! Mas do tipo desorganizada MASTER! Por exemplo: eu, quando limpo as fezes dos filhotes, recolho o papel e o jogo no lixo. Nada demais, certo? Bem, para ela isso deve parecer algo errado, pois ela larga os papéis pelo quarto e quando eu peço para que ela recolha, ela diz que se eu estou incomodada que eu mesma recolha. Outro exemplo: a porcaria da louça. Eu lavo toda louça que sujo, pois acredito que se cada um lava a louça que suja, não fica trabalho indevido para ninguém e ninguém fica sobrecarregado, certo? Bem, mais uma vez parece que eu estou errada ao olhos dela... Ás vezes me sinto um alienígena por desejar coisas tão pequenas e as pessoas agirem como se eu tivesse exigindo muito. Pois ela acumula a louça que suja (para piorar, ela faz doces para vender, então é louça de glacê, batedeira, liquidificador, etc) e faz com que minha mãe lave. Eu acho isso ridículo e até tento fazer com que minha mãe não lave, mas ela não suporta louça suja e acaba lavando. Resultado? minha irmã só suja para que minha mãe lave... E quando minha mãe pede para que ela lave a louça, ela diz que já faz muito lavando a roupa de todo mundo, mas... Cara... Roupa a gente lava uma vez por semana aqui em casa! Pia cheia de louça é todo dia! E enfim, ficamos nessa discussão infindável... Isso me cansa também. Mas já estou ao ponto de tacar o "foda-se" e deixar com que essa casa se exploda no meio da sujeira, pois só um limpando não ajuda em nada. Então, nem limpo... Para quê limpar para ela ir e sujar de novo? Não limpo... Eu realmente me recuso em fazê-lo.
     Mas nem tudo são só lamúrias... Vamos a notícia boa! Finalmente eu consegui me matricular na faculdade (de novo), para iniciar esse ano. Dia 02/03 as aulas começam, o que significa que sairei de casa ás 07:30 para ir trabalhar e só voltarei ás 23:30, pois não valerá a pena sair do trabalho e voltar para casa para logo em seguida sair novamente para ir para a faculdade. Realmente, não valerá a pena, então passarei o dia inteiro fora. No começo isso me irritava um pouco, mas agora, eu penso que ficar fora de casa seja menos pior do que dentro dela. E bem, vou me jogar nos estudos para conseguir um emprego melhor e, quem sabe, daqui no máximo 3 anos eu consigo dar o fora daqui. Porque sinceramente, não dá mais... Se fosse só eu e minha mãe nessa casa, eu poderia morrer morando aqui, mas simplesmente não aguento a presença da minha irmã (aqui irei chamá-la de K*, pois é muito estranho chamá-la de irmã).
     Bem, acho que por enquanto é só isso para contar... Minha vida não está das melhores, mas sei que também não é uma das piores. Porém ela é minha e ela me incomoda da forma que está. Preciso dar um jeito de arrumar as coisas, para tornar tudo ao menos um pouco suportável...


Beijinhos. ♥

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Resumo da semana...

   Olá princesas. :3 Ao invés de postar todos os dias, eu acho mais produtivo anotar um resuminho do meu dia no bloco de notas do computador e depois falar para vocês como foi minha semana. Acho que o post fica mais produtivo.  Bem, enfim, vamos lá...

   Na terça-feira cheguei em casa e não tomei o picolé nem o suco detóx, porém, comi 3 pedaços médios de bolo de coco gelado. x_x E tomei um copo de café também. Não deveria ter comido o bolo... Mas realmente não me contive. Sendo assim, nota zero para mim...
   Quarta-feira foi um pouco melhor, pois pela manhã tomei um copo de suco detóx e nada mais. De tarde no trabalho permaneci só no café mesmo e quando cheguei em casa não comi. Fui comer depois da 00:00 (por falta de vergonha na cara), mas até que a comida não era uma bomba calórica, era peixe cozido com guacamole e duas colheres de sopa rasa de arroz. E foi isso.
   Quinta-feira finalmente foi perfeito! Um copo de suco detóx pela manhã, café durante o dia de trabalho e a noite ao chegar em casa, mais café! E só! \^0^/
   Sexta foi perfeito até a madrugada... Vamos por parte: pela manhã somente um copo de café. No trabalho, durante o dia foi consumido água e um copo de café. Ao chegar em casa de noite, tomei uma caneca de café e só. O problema aconteceu de madrugada, quando comi uma caixa de BIS sozinha. ç.ç Foi uma derrota! É claro que não fui eu quem comprou a caixa... Eu ganhei no trabalho. ç.ç E ao invés de dar para alguém, eu guardei pensando que conseguiria me controlar. Roxy estúpida! x_x
   Sábado foi perfeito. Muita água e um copo de café no trabalho (de sábado trabalho de manhã). Chegando em casa, tomei um picolé detóx (caseiro) e só. De noite bebi café e nada mais.
   Domingo foi minha folga e levantei tarde, ás 14:30. Tomei um copo de café e só. Ás 20:00 (mais ou menos), tomei um copo de suco detóx. Infelizmente, após a meia-noite eu precisei comer alguma coisa para me manter em pé na semana que viria. Bem, acabei comendo 3 pedaços de um bolo simples, sabor Aipim e tomei um copo de café.

   Minha semana, após tirar uma média dela, até que não foi tão ruim se comparada com minhas últimas semanas antes do começo do ano... Mas ainda está longe de ser perfeita. Vamos ver se essa semana eu consigo! Vou me esforçar e correr atrás para conseguir... Hoje, eu tomei um copo de suco detóx pela manhã. No trabalho tomei um copo de café. E agora de noite, já em casa, só um copo de café e nada mais. Preciso que essa semana seja boa. Minha irmã fez panqueca integral e talvez eu coma uma antes de ir deitar. É melhor comer consciente do que ter compulsão...

Espero que também estejam conseguindo entrar na linha. :3
tenham uma ótima semana!
Beijinhos! ♥

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Try, try, try...

   Bem, esse ano vou tentar ficar mais ativa aqui no blog. Só por estar escrevendo o segundo post em um único mês, já é um avanço, acho... Mas de nada terá valido a pena se eu abandonar as postagens novamente em algum ponto do ano. É... Vou tentar não abandonar...
   Também estou tentando entrar na linha. Ontem eu quase consegui fazer as coisas direitinho, sabe? Acordei no comecinho da tarde, umas 12:00 e acabei não comendo nada, pois acordei atrasada para ir trabalhar, então só tive tempo de me "arrumar" (o que consiste em ficar o mínimo apresentável para sair de casa, nada demais, nem ao menos uma maquiagem) e sai de casa. O erro ocorreu durante a tarde no trabalho, ás 19:00 quando sai para minha pausa de 20 minutos (call-center é isso aí) e acabei comendo um pão de massa de batata com recheio de franjo. Pois é... E se não bastasse comer só o pão, eu ainda comi ele com ketchup! Ahahahahaha xD Eu sou uma merda mesmo. ^^ Tomei mais um copo de café no trabalho e cheguei em casa ás 22:30.
   Ao chegar em casa eu tomei um copo de suco detóx e um picolé caseiro detóx também. Até aí ok... O problema foi ás 01:00 da manhã, que acabei comendo um desses potinhos de MM's, sabem qual é? Enfim... Foi uma vergonha. Claro que ontem foi melhor do que muitos dias que andei tendo nos últimos tempos, nem se compara! Mas ainda assim... Chegar tão perto de ter um dia certinho e digno de orgulho... A anta aqui vai e estraga tudo! Eu já cansei de tentar tomar as rédeas da minha vida de novo e no final ver que só fiquei no "tentar" e não conclui nada.
   De qualquer forma hoje é um novo dia. E se tudo der certo (e tem que dar, nem que eu tenha que bater com minha cabeça na parede para colocar tudo no lugar aqui dentro), eu pretendo consumir um copo de suco e um picolé detóx pela noite, quando chegar em casa. Vou tomar um copo de café agora, antes de sair para o trabalho e talvez coma um prato de salada de alface. É... Tem que dar certo. ^^

   Tirando a parte da minha vida que se refere ao meu peso e dietas, acho que isso é só por enquanto. O resto eu não quero falar sobre, pois é uma lástima e não tem nada de bom para contar. Pelo contrário, só lamentações e frustrações, principalmente por eu não poder arrumar minha vida agora. Muitas coisas não dependem só de mim e da minha vontade, infelizmente... Alguns pontos se tratam de burocracia e eu só posso correr atrás, mas o prazo quem dá são eles... Outros pontos da minha vida, infelizmente não depende só de mim também e sim da outra pessoa, que parece não dar a mínima para as coisas e principalmente para mim. E infelizmente eu não sou do tipo que corro atrás, então, se a pessoa não vem falar comigo, eu que não vou... É complicado, mas é assim que funciona.

   Uma ótima semana para vocês. ♥

quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

2015

    Olá. Feliz ano novo para vocês. 0/
    Bem, meu 2014 foi um fracasso e espero, sinceramente, que o de vocês tenha sido mais produtivo que o meu. Para 2014 eu pretendia ter ingressado na faculdade (curso de Letras) e ter emagrecido mais... Não preciso dizer que não consegui nenhum nem outro. Ambos objetivos eu cheguei perto de ter conseguido, mas nenhum prosperou até o final do ano... A faculdade eu me matriculei e fui 2 dias, porém minha sala não existia e depois de tanto procurar, fiz aquilo que juguei ser o correto: cancelei a matrícula e não me inscrevi novamente no meio do ano, pois não queria começar a faculdade no meio do ano e pretendia fazer o ENEM, então... E emagrecer eu até que consegui, mas engordei tudo de novo depois, por vários motivos. Dentre eles: descontar sentimentos desagradáveis na comida (sentimentos do tipo frustrações, tristezas, apatia, raiva...), como se isso fosse ajudar, claro... É engraçado como nós seres humanos somos estupidamente burros ás vezes...
    E 2015 chegou, sem ao menos eu perceber e fazer algo significativo. Pois bem, não estou aqui para fazer promessas, pois prefiro chamar de "objetivos". Não fiz uma lista com nada impossível, por isso sei que se não concluir esses objetivos, será por pura falta de vergonha na cara. Irei colocar a lista aqui, como um lembrete para mim mesma e para que vocês também possam ver o quanto fui pé no chão ao transcrever meus objetivos:

- Conseguir ingressar na faculdade (curso de Letras: Licenciatura Português e Inglês;
- Trocar meu computador e comprar um novo;
- Conseguir voltar para a casa dos 50 kg (estou na casa dos 80kg, com 81,600kg, para ser especifica);
- Administrar melhor o meu dinheiro e não me endividar com besteiras;
- Focar o máximo nos estudos, mesmo que eu fique louca de estresse;
- Ler ao menos UM livro por mês (eu amo ler e não será nada impossível, só eu administrar o meu tempo);
- Não desaparecer da vida dos meus amigos virtuais (eu sempre desapareço da vida das pessoas, e não acho que sou grande perda para elas, mas elas são meus amigos por algum motivo, então quero dar mais valor para isso);
- Viajar, nem que seja só para ir á prais (mesmo não gostando de praia, o que vale é a experiência de respirar novos ares e sair um pouco do estresse da cidade);
- Terminar o ano com no máximo TRÊS dívidas, entre elas o meu computador;
- Não me iludir e criar expectativas quanto á "ela", porém não magoá-la DE NOVO também;
- Ser mais organizada em todos os aspectos, inclusive o meu quarto;
- Não me envolver sentimentalmente com ninguém pessoalmente (como se isso fosse difícil para mim, a mulher de 22 anos que nunca namorou e só deixou com que alguém entrasse em sua vida por uma noite);
- Cuidar da minha saúde física e principalmente mental;
- Tentar ser mais tolerante com as pessoas e detestá-las menos, isso incluir ser menos arrogante;
- Tentar começar um poupança;
- Atingir todos os objetivos listados acima.

    Como podem ver, eu realmente fui bem pé no chão... Nada de promessas impossíveis e sonhos inalcançáveis. Somente objetivos que serão alcançados se eu me esforçar e me empenhar, o que significa que se eu fracassar a culpa será inteiramente minha pela falta de esforço e empenho.

     Acho que por enquanto é só... Sobre "ela", talvez eu faça um post qualquer dia. Mas já adianto que é um relacionamento virtual que possivelmente não vai chegar muito longe. Ela é mais nova que eu, o que significa que ainda é adolescente e está na fase de fantasiar as coisas. Quando ela ver a realidade, com certeza tudo isso acaba. Mas enfim... Não falarei dela enquanto não achar necessário, afinal esse assunto é só uma vírgula na minha vida.

    Novamente, feliz ano novo e que atinjam seus objetivos! ♥