terça-feira, 20 de junho de 2017

Não quero dar notícias chatas, mas isso é tudo o que tenho.

     Olá!

     Eu fiquei um tempo considerável sem postar, novamente... Mas isso foi só porque eu não tinha (e continuo não tendo) coisas boas para contar. Mas como não quero desaparecer daqui, vim dar um update sobre o que estou passando atualmente e só...

     Faz uma semana que minha mãe se mudou temporariamente para a casa da mãe dela e isso fez com que a K (minha irmã) ficasse mais lá do que aqui em casa. Até aí sem problemas, pois sou bem acostumada com a solidão e estar sozinha não me incomoda nada, pelo contrário, me traz mais paz e sossego, pois conviver com pessoas é complicado e prefiro estar sozinha com meus cachorros... O problema é que as contas de casa não são apenas minhas e eu tenho 5 cachorros para criar e dar de comer. "Ah, Roxy! Mas quem mandou ter 5 cachorros?", pois bem, eu não fui a única que os quis, porém atualmente (não apenas essa semana, isso já vem acontecendo por mais de um mês) sou a única que tem cuidado e me importado com eles, pois se eu não fizer isso, quem fará?
     Enfim... Vocês não têm nada com meus problemas banais e não quero enchê-las sobre isso... Só estou comentando mesmo para que vocês saibam como está minha situação atual. Estou zerada de dinheiro... Zerada mesmo. Nem o cartão de crédito possui mais saldo. E eu sou uma pessoa que sempre se preocupou muito com as contas e dinheiro... Sou daquelas malucas que fazem planilhas sobre as finanças e etc. Gosto de me organizar e isso funcionou por um tempo, mas não tem mais funcionado, pois algumas contas não são apenas minhas e sem a parte financeira alheia, eu não pago algumas contas e... Enfim, vai virar uma bola de neve, mais cedo ou mais tarde... Vou esperar o mês que vem para ver como as coisas irão prosseguir, mas dependendo, vou fazer alguns cortes aqui em casa e foda-se quem achar ruim , pois se quer gastar, precisa pagar. Simples assim. E se não estão pagando, eu vou fazer cortes para que eu possa pagar sozinha as contas e ponto. "Mas Roxy... É uma questão de dialogar com as pessoas que moram com você." Não existe tal possibilidade. Já tentei conversar com a K. e ela sempre acaba surtando e dando uma de irritadinha, gritando e falando alto feito louca como se tivesse alguma razão, sendo que só o fato de uma pessoa ter que gritar para se impor já faz com que ela perca toda a razão. Se essa pessoa não paga as contas e não lida com as próprias responsabilidades, ela perde a razão ainda mais. "Então fala com sua mãe". Como se eu não tivesse tentado... Ela só sabe dizer que "Eu brigo e encho o saco da minha irmã a toa" e que "Eu me preocupo com muito pouco". Pois bem, para mim meus cachorros e minhas contas não são "pouca coisa" ou "coisas banais" das quais não mereçam minha atenção, e por isso desisti de falar com elas e tentar dar meu próprio jeito de tomar as rédeas da situação...

       Ok... Chega desse assunto. Isso são picuinhas de família e ninguém pode fazer nada em relação a isso. Agora, a dieta... Pois bem, no começo do mês eu comecei com força total, fiz 13 dias direto de dieta, que consistia em comer verdura, chá e café... Funcionou por 13 dias. Depois eu me descontrolei e aqui estou eu, tentando retomar as rédeas da situação, porém sem sucesso até o momento. Não é novidade que quando estou equilibrada mentalmente a dieta segue perfeitamente. Mas quando ocorre o contrário, também afeta a dieta. Pretendo me reequilibrar até o final do mês para que em Julho eu comece com a corda toda e consiga mantes a dieta por pelo menos 1 mês seguido. Não me pesei, pois a meta era me pesar apenas no final desse mês para ver se a dieta tinha funcionado. Como matei a dieta, desisti da possibilidade de me pesar também. Enfim...

     Para finalizar, sobre o trabalho... Por lá as coisas andam bem, tenho me entendido bem com o pessoal e sinto que posso crer numa estabilidade financeira e profissional estando lá. Recebo meu salário uma vez por mês, sempre no último dia útil. Mês que vem, mais especificamente no dia 14, tenho também meu FGTS para sacar e tenho alguns planos financeiros para colocar em prática e assim estabilizar minha minha atual situação monetária. No final do mês, quando tiver meu salário em mãos, eu venho aqui para contar sobre esses planos. No momento, prefiro esperar para ver se tudo vai ocorrer como o planejado.

     Enfim... Acho que era "só" isso. Perdão por encher aqui com essas baboseiras, mas é apenas o que tenho para contar.

     Espero que estejam bem. *-* Desejo um ótimo final de mês para todos e agradeço por aqueles que não me esqueceram e ainda passam por aqui, à espera de minhas tolas e desinteressantes notícias. Muito obrigada. ♥